Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AntiBlogue

Blogue dum casal real, anti-fashion, anti-fit e anti-top. Detestamos correr, praia no Verão e berros de crianças. Gostamos de viajar, comer, música, livros, vegetar em frente à TV, saldos, limões e sobretudo um do outro.

AntiBlogue

Blogue dum casal real, anti-fashion, anti-fit e anti-top. Detestamos correr, praia no Verão e berros de crianças. Gostamos de viajar, comer, música, livros, vegetar em frente à TV, saldos, limões e sobretudo um do outro.

Como casal de esquerdalhos com a mania que são intelectualóides, poderia esperar-se que nos tempos "livres" a malta aqui de casa se ocupasse com cenas altamente selectas, como mostras de cinema coreano independente ou teatro russo, ou concertos jazz e música clássica, e em casa só ligássemos a TV na RTP 2 ou para ver documentários sobre o impressionismo*. Mas não. Já saturados das notícias (eu mudo de canal quando o tema é desporto e assim que há uma menção ao (des)governo ou ao PR o homem entra em histeria a gritar violentamente com a TV - aposto que os vizinhos ouvem ameaças de morte, mas eu cá não confirmo nem desminto, antes pelo contrário), a nossa companhia à hora de jantar é mesmo a trash TV. Nunca sentimos qualquer atracção pela casa dos segredos ou telenovelas, mas é dar-nos um cheirinho dos programas do TLC ou do A&E e ficamos agarrados como lapas.
Pois então que temos nos favoritos: "90 days to wed", "age gap love ", "who gives more?", "sex sent me to the ER" e por aí fora. Eu ainda gosto particularmente da "long Island medium" e tudo o que seja histórias de fantasmas e do sobrenatural.
Nada melhor para descansar o cérebro do que metê-lo em ponto morto meia horita de vez em quando!

*quaisquer semelhanças entre as opções mencionadas e a realidade não são mera coincidência - tão hipsters que nós somos!