Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

AntiBlogue

Blogue dum casal real, anti-fashion, anti-fit e anti-top. Detestamos correr, praia no Verão e berros de crianças. Gostamos de viajar, comer, música, livros, vegetar em frente à TV, saldos, limões e sobretudo um do outro.

AntiBlogue

Blogue dum casal real, anti-fashion, anti-fit e anti-top. Detestamos correr, praia no Verão e berros de crianças. Gostamos de viajar, comer, música, livros, vegetar em frente à TV, saldos, limões e sobretudo um do outro.

Ingredientes:

  • 8 ovos
  • 2 laranjas grandes
  • 50 g de farinha de mandioca
  • 60 g de manteiga (ou ghee) derretida
  • 2 colheres de sopa de mel
  • canela em pó

Preparação:

Descascar as laranjas e remover o máximo possível da pele branca, bem como os caroços. Triturar num processador / robot de cozinha. Juntar os restantes ingredientes e voltar a misturar tudo no processador. A massa deve ficar muito fluida.

Num tabuleiro rectangular (que se pode untar mas não é essencial), dispôr uma folha de papel vegetal suficiente para cobrir toda a extensão do tabuleiro e deitar a massa. Levar a forno médio (cerca de 180º C) até ficar dourada (mas não demasiado cozida - ninguém gosta de torta seca).

Polvilhar com canela em pó a gosto (ou rechear com outra coisa, como mais rodelas fininhas de laranja ou chocolate negro raspado) e enrolar a torta enquanto está morna, com ajuda do papel vegetal. 

IMG_3099.jpg

 

No rescaldo das festas de Natal e Ano Novo, decidimos ir partilhando algumas das iguarias saídas da cozinha cá de casa que fizeram mais sucesso.

Para começar, um clássico incontornável na maior parte das casas portuguesas, a Mousse de Chocolate. Há mil versões diferentes, mas quanto a nós esta é uma confirmação da regra do quanto mais simples melhor. Como em tudo, é a qualidade dos ingredientes que faz toda a diferença (e aqui são poucos, por isso ainda mais importante é que cada um seja muito bem escolhido).

Fica a nossa versão hiper-simples, Paleo e maravilhosa da Mousse de Chocolate.

 

IMG_3175.jpg

Ingredientes:

  • 5 ovos (de preferência de galinhas "felizes")
  • 1 tablete de chocolate negro de boa qualidade, com pelo menos 70% cacau
  • 2 colheres de manteiga com sal (usei boa manteiga dos Açores, feita só de nata de leite do dia e sal, mas também se pode usar ghee, que é uma manteiga clarificada sem sal nem lactose)
  • umas gotas de essência de baunilha (opcional)
  • mais nada (não, não é preciso nada mais para adoçar, a baunilha aromatiza bastante, mas se o paladar dos comensais exigir mais doce, pode-se usar um pouco de mel ou stevia nas gemas)

 

Preparação:

Separar as claras das gemas e bater mesmo muito bem com umas pedras de sal, em castelo muito firme, quase merengue. Reservar.

Derreter o chocolate partido em pedaços com a manteiga, no microondas ou em banho-maria. Se derreter no microondas é muito importante não deixar ferver, por isso o melhor é colocar na potência máxima em intervalos de 10/15 segundos de cada vez, mexendo entre cada um até se obter uma mistura homogénea, escura e brilhante. 

Bater as gemas com a essência de baunilha até o volume duplicar. Quando a mistura de chocolate tiver arrefecido um pouco (o suficiente para não cozer o ovo), misturar bem com as gemas. Envolver as claras em castelo aos poucos e em movimentos suaves, para não perder muito ar.

Colocar em taças individuais ou numa taça de servir e decorar com pinhões ou raspas de chocolate. Manter pelo menos umas 2 horas no frigorífico até à hora de servir.