Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

AntiBlogue

Blogue dum casal real, anti-fashion, anti-fit e anti-top. Detestamos correr, praia no Verão e berros de crianças. Gostamos de viajar, comer, música, livros, vegetar em frente à TV, saldos, limões e sobretudo um do outro.

AntiBlogue

Blogue dum casal real, anti-fashion, anti-fit e anti-top. Detestamos correr, praia no Verão e berros de crianças. Gostamos de viajar, comer, música, livros, vegetar em frente à TV, saldos, limões e sobretudo um do outro.

Isto é o que acontece quando se acredita na música, na poesia, na arte.
Isto é o que acontece quando se põe de parte o complexo de inferioridade que nos leva a imitar os demais, com a mesma fórmula já batida e enorme disparidade de meios.
Isto é o que acontece quando se tem orgulho no que se é, sem tentar ser outra coisa qualquer. É também o que acontece quando se vai a um festival de canções com uma canção, não com apenas uma imagem, ou com apenas uma exibição vocal, ou apenas efeitos especiais ou apenas uma boa voz com uma canção colada com cuspo.

E isto é também o que acontece quando se assume um discurso real, coerente, genuíno, sem embaraço ou pudor de dizer o que deve ser dito.
Isto é apenas o que temos de melhor.

"Music is not fireworks, music is feeling!"

fe920dc0a8e0d24a4e599d09176d2e2a.jpg

Todo ele coração. Todo ele música.

Um animal musical.

Extraordinário. Fora de série!

Salvador Sobral é um portento. É muito mais que a lindíssima "Amar pelos Dois" que venceu o Festival Eurovisão da Canção 2017. Escutem aquela que é a minha canção favorita do primeiro álbum do Salvador, Excuse Me - Change.

 

Obrigada, Salvadorzinho. Além de se ter agravado a vontade que tenho de te dar beijinhos e fazer festinhas, tenho agora dois novos sonhos na vida:

1 - Ouvir-te no palco 1º de Maio, ou mesmo no palco 25 de Abril, na Festa do Avante.

2 - Ouvir-te em dueto com o Jorge Palma.

Seria a felicidade suprema, o êxtase total.

Ah, e ainda me fizeste ganhar uma aposta, um almoço num sítio muito catita - se quiseres podes vir também, não sou eu que pago!

Sim, Correio da Manha (CM), sem acento, porque assim fica mais correcto.

A Capa de hoje do CM é esta:

CM_BaleiaAzul_Capa_Hoje.jpg

 Estas são as gordas da manchete do CM de hoje (04-05-2017). Reparem que se diz que o jogo "alastra sem controlo" e culpa-se os "Grupos na Net" de propagarem o desafio nas redes sociais. No entanto, há alguns dias atrás, temos isto nas capas do CM:

CM_BaleiaAzul_Capas.jpg

Portanto, em 3 dias diferentes e consecutivos temos três capas que falam do "jogo" e numa delas temos o maior destaque do dia. E depois têm a suprema lata em falar de "Grupos da Net" e do alastrar "sem controlo" quando o CM contribuiu e continua a contribuir em grande medida para a propagação do "jogo".e do alarmismo em volta do mesmo.

Lógicas dum Pasquim nojento...