Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

AntiBlogue

Blogue dum casal real, anti-fashion, anti-fit e anti-top. Detestamos correr, praia no Verão e berros de crianças. Gostamos de viajar, comer, música, livros, vegetar em frente à TV, saldos, limões e sobretudo um do outro.

AntiBlogue

Blogue dum casal real, anti-fashion, anti-fit e anti-top. Detestamos correr, praia no Verão e berros de crianças. Gostamos de viajar, comer, música, livros, vegetar em frente à TV, saldos, limões e sobretudo um do outro.

Vamos imaginar uma realidade alternativa (ou nem tanto) em que houvesse pessoas que não saem de casa, não recebem visitas, não vêem notícias nem nada na televisão e a única coisa que lêem são blogs portugueses. Ou seja, o seu único contacto com o mundo "lá fora" são os ditos blogs. (Não aqueles de que gosto, vamos só criticar e desdenhar dos mais conhecidos e bem-sucedidos - que naturalmente também lemos e nos provocam dor de cotovelo q.b.)

Está imaginado? Digam lá se estão a ver o mesmo que eu...

 


Toda a gente é bonita. Toda a gente é magra. Toda a gente é do Benfica. Toda a gente tem sorrisos Pepsodent, dentes alinhados e muito brancos, e as senhoras estão todas depiladas a laser alexandrite. Todos os casais são hiper-mega-felizes, sempre, sem discussões nem arrufos nem tradições, nem palavrões. As crianças são todas lindas, andam sempre bem vestidas e nunca sujam as fatiotas cheias de pinta e cetim e rendas.  Todos os empregos são fantásticos, interessantes e bem remunerados. E com horários espectaculares, muito flexíveis, até dá para escrever e ler os blogues todos do pedaço. As casas estão sempre imaculadamente limpas, arrumadas e bem decoradas. Nunca ninguém tem uma caganeira diarreia (só mental). Toda a gente é desportista, toda a gente corre maratonas, toda a gente vai ao ginásio e tem um PT (já se sabe, chama-se Pedro). As vidas são excitantes e bonitas. Toda a gente estreia roupas e sapatos todos os dias. Que são fotografados por profissionais ou com um iPhone em frente ao espelho. Toda a gente come muito sushi e bebe muito gin. Toda a gente vai ao Mercado da Ribeira e ao Mercado de Algés e ao Mercado de Campo de Ourique (não se percebe porque falam tão pouco no Bom Sucesso, muito mais giro). Lêem imenso, recomendam todos os livros que lêem porque são todos óptimos (mas as lombadas nunca ficam com aquele vinco do uso). Os animais são lindos e bem comportados e tão espertos, nunca têm parasitas. Toda a gente adora os protectores solares Piz Buin, e bebe Água do Luso, e come as mesmas bolachas e iogurtes. Toda a gente usa o verbo piscinar aos fins-de-semana de verão (nos fins-de-semana de Inverno vai-se ao melhor brunch da cidade encher o bandulho). Toda a gente tem óculos de sol da moda, e tem toalhas e almofadas de praia 100% portuguesas, e vai a spas da Odisseias em casal - que são, claro!, o melhor do mundo. As pessoas ficam muito cansadas do seu ritmo de trabalho e precisam muitas vezes de relaxar ao sol, a dois, sem as crias. Ninguém faz publicidade, há é coincidências do catano e gostos muito parecidos. Vai-se imensas vezes jantar e almoçar fora (alguma vez se viu um blogger falar de arear panelas ou queimar o arroz?), mas se houver festa lá em casa o pronto-a-comer do Pingo Doce safa tudo. As maquilhagens são, obviamente, perfeitas e feitas só com produtos de marcas caras, idem aspas para mani e pedicures.

Talvez seja por eu ser do contra, mas... irrealista às pazadas e uma beca enfadonho, não?! 

2 comentários

Comentar post