Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

AntiBlogue

Blogue dum casal real, anti-fashion, anti-fit e anti-top. Detestamos correr, praia no Verão e berros de crianças. Gostamos de viajar, comer, música, livros, vegetar em frente à TV, saldos, limões e sobretudo um do outro.

AntiBlogue

Blogue dum casal real, anti-fashion, anti-fit e anti-top. Detestamos correr, praia no Verão e berros de crianças. Gostamos de viajar, comer, música, livros, vegetar em frente à TV, saldos, limões e sobretudo um do outro.

"Gostos não se discutem", diz-se. E eu não concordo nada. Porque quando eu digo "isto é feio" parece que estou a ofender todos quantos discordam e até acham que "isto é lindo". Naturalmente que ninguém pode impor aos outros o seu gosto e obrigar alguém a mudar de opinião. Quando eu digo "isto é feio" é óbvio que estou a expressar a minha opinião e de mais ninguém. Portanto escusam de vir reclamar e ofender, que não alteram em nada a minha opinião.
Posto isto, poderá alguém que não partilhe do meu gosto (obviamente de pelintra, qual é a novidade?) tentar explicar-me onde é que vê beleza no padrão Louis Vuitton? A não ser que se chame Luísa Vanessa ou Leopoldo Vitorino, a quem é que lembra ostentar as ditas letrinhas dependuradas na sua pochette? Se é só para mostrar que se pode, que se tem uns cobres, há padrões tão mais bonitinhos! E a malta que compra imitações, porquê?! A sério que acham bonito e tendo tanta variedade à escolha preferem isto? (Nada contra imitações, é a estética que questiono.) Só consigo ver poluição visual, cor de cocó com dourado (as duas piores cores de sempre), uma amálgama sem sentido.
Deve ser como o vestido azul / dourado, mas decididamente quem gosta vê qualquer coisa que eu não consigo ver...

 

4 comentários

Comentar post